Sem categoria

The Vampire Diaries | 7° Temporada (c/ spoilers)

   Quando decidi falar sobre a sétima temporada de The Vampire Diaries, já estava preparada para fazer uma crítica negativa sobre a série. Felizmente, ou infelizmente, não foi o que aconteceu. Mas não vamos nos precipitar. A sétima temporada foi um poço sem fim de contradições, caixas de Pandoras e enredos sem o menor sentido. Foram cada absurdos atrás do outro que era quase impossível acreditar que se tratava da mesma série ou temporada. Confesso que em alguns episódios cheguei a conferir duas vezes se estava mesmo assistindo o episódio ou série correta. E sim, eu estava.
  O que aconteceu com uma das séries mais queridinhas mundialmente?
  Vou lhes dizer o que aconteceu. 
  Excessos!
  Em que ponto devemos saber quando parar?
  Claramente, a série não soube responder a essa pergunta.
  Para falar sobre essa sétima temporada devo começar por partes.

Os Hereges
  Os hereges tiveram sua vez nessa temporada. Surgiram como uma família antiga, liderada por nada mais nada menos que a mãe supostamente falecida de Stefan e Damon. Fomos apresentadas a ela, na sexta temporada da série. 
   Os hereges são uma mistura de vampiros e bruxos. O que muda toda nossa concepção formada até então de que, quando um bruxo morre, ele não tem mais acesso aos seus poderes. Mas por que não? Se vamos trazer tramas novas para uma série que já teve de tudo, por que não quebrar um padrão tão explorado anteriormente?
   Beau, Valerie, Mary Louise, Nora, Oscar são os “filhos” de Lily, Vampiros/Bruxos que mais parecem crianças na puberdade, rebeldes sem causa. Exceto Beau, por que Beau (graças a Deus) nem falava. 
   Particularmente acho que eles não trouxeram nada de aproveitável para a série, além de episódios com muito drama desnecessário e enrolação sem fim.

   Acho que todos, assim como eu, adoram quando a série traz flash backs dos irmãos Salvatore, e dessa vez, esse recurso foi usado para tentar trazer sentido ao romance passado entre Valerie e Stefan (sim, isso mesmo, o primeiro amor dele não foi Katherine)

   Não deu muito certo.

Stefan & Caroline
   Depois da sua longa lista de pretendentes (Damon, Tyler, Matt, e Klaus), a loirinha atualmente está envolvida com Stefan, e por mais fofo que seja os dois juntos, ainda não é aquele romance épico que costumávamos ver entre Stefan e Elena. Mas se até um amor épico como aquele chegou ao fim, quem precisa de algo tão intenso no final das contas? Pois é, eu preciso.
   Adoro Caroline, na minha opinião, ela passou a ser a personagem mais constante da série e mais carismática. É uma pena não explorarem tanto sua história. E quando tentaram, ela acabou grávida e noiva de Alaric.

   Falando no nosso querido professor das Artes das Trevas (ops.. enfim ). Alaric é um dos personagens que outrora já fora um dos mais interessantes e que realmente fazia falta na trama. E agora, após claramente sofrer severas perdas por seu envolvimento com os vampiros, ainda se encontra no meio do fogo cruzado e sem a menor intenção sincera de parar. Fica a dúvida se ele sequer deveria ter voltado a vida. Ele se tornou um personagem que nem se encaixa no mundo humano ou no mundo sobrenatural, mas que ao mesmo tempo, está presente em ambos os lados. Se essa for a intenção da série para com o personagem, parabéns, estão conseguindo com sucesso. Me pergunto, qual será o final definitivo que darão a um personagem tão bom.

Enzo & Bonnie 

   Por falar em casais sem sentido, Enzo e Bonnie por mais aceitáveis que pareçam juntos, a série não soube construir o relacionamento deles. A impressão que tive é que um caiu de paraquedas em cima do outro e ficou por isso mesmo. 
   Damon tem muito mais química com ela do que Enzo jamais terá. Não estou dizendo que os atores não tem química, só que não tem o suficiente para convencer-nos 100%.

   O personagem de (Michael Malarkey), Enzo por mais bem trabalhado na série, tanto pelo seu passado quanto pela sua importância geral na trama. Só tomou proporção nos episódios finais da sétima temporada. Mas ainda assim, sempre que ele abre a boca me parece uma mistura forçada de Klaus e Lucien (The Originals). 
  
Matt Donovan
   De queridinho a odiado. O personagem interpretado por Zach Roerig sobreviveu durante sete temporadas como o único humano na série a continuar humano. O que é um recorde e um milagre diante das centenas de vezes em que ele de fato correu risco de vida ou se dispôs a ajudar seus amigos. E assim como Bonnie, Matt é um dos que mais perdeu e já sofreu na série e que ainda assim continua disposto a ajudar os vampiros. Mesmo que isso tenha mudado um pouco nessa temporada, mais cedo ou mais tarde ele acabava cedendo e entrava novamente no mundo sobrenatural. Nos resta aguardar que na próxima temporada ele consiga de fato, seguir em frente e se desligar desse mundo.

  E por fim, após essa temporada mediana e com muitos picos de falta de noção, The Vampire Diaries chega ao fim de mais uma de suas seasons. Com mais erros do que acertos. A série passa longe da qualidade e criatividade que costumava ter em seus primeiros anos. Há quem diga que a série perdeu bastante de sua qualidade quando a Família Original deixou a série, para estrelar a sua própria. Mas é quase certo que a saída de sua personagem principal abalou e muito toda a história. Se por um lado não havia mais o que ser contado e a personagem já havia vivido o que tinha que viver, sua saída deixou o resto do elenco e personagens sem fechamento. Então se tornou necessário continuar, afinal, muito ainda havia de ser contado. Mas será mesmo? 
   Com a saída de Kat Graham (Bonnie Bennett) na 8° temporada, o que  mais haverá para contar? 
   Depois de tantos personagens inesquecíveis que já passaram pela série, seja Jenna Sommers, Katherine Pierce , Jeremy Gilbert , Liz Forbes. The Vampire Diaries pede por um encerramento digno e inesquecível. 


   Por mais mediana que tenha sido essa temporada, se você é fã, não deixe de assistir. Acompanho a série desde seu início, e por mais desanimador que possa ser, ainda temos os mesmo personagens que tanto amamos, e ainda temos a esperança que tudo possa melhorar. 
   O final da sétima temporada, por mais previsível que seja, ascendeu a esperança de muitos em rever a personagem que fez Damon Salvatore se perder e que nos tanto já fez chorar.
   Então, que venha a oitava temporada!
    

Comente aqui!!!!