Sem categoria

The Vampire Diaries | I Was Feeling Epic (8×16 crítica)

Após 8 anos The Vampire
Diaries chega ao seu fim, com um episódio recheado de velhos personagens e
pouca história.
Se você esperava ver todos
aqueles que já morreram, e que eram tão queridos ou não por todos nós. Você não
vai se arrepender. O ultimo episódio entrega tudo o que prometeu. Mas, se você
espera um episódio mirabolante, com várias reviravoltas, e muita confusão, bem,
você não vai receber nada disso.

“I Was Feeling Epic” (ep 16)
é preguiçoso, sem esforço algum em tentar criar tensão ou a sensação de que
algo poderia dar muito errado. Mesmo a volta da tão famosa e amada vilã Katherine
Pierce não foi o suficiente pra levantar o episódio ou causar impacto. Tudo que
acontecia ao longo dos 42 minutos era óbvio e decepcionante. A impressão que eu
tive como fã, era de estar assistindo apenas algo que precisava ser encerrado,
então por que não com muita nostalgia e pouca história?
 
Esse é o grande problema
desse final. Há muitos personagens e pouco desenvolvimento. Mas o que mais desenvolver em uma série que já teve de tudo? Beirando a insanidade de sereias
e o rei do inferno? Rei do Inferno ATÉ dá pra passar, mas sereias?
A verdade é que em The
Vampire Diaries ninguém nunca permanece morto e sempre vai haver um vilão mais
poderoso para ameaçar o dia.

Não há nada mais a ser
feito, além de aceitar que acabou. TVD vai deixar muita saudade e essas duas
ultimas temporadas serviram para provar que a série é muito mais sobre uma garota
que se apaixona por dois vampiros. É sobre família, amizade e acima de tudo
sobre os irmãos Salvatore. Falando neles, devo dizer que realmente gostei de
seu encerramento. Nada mais justo do que Stefan encontrar sua paz, afinal ele
nunca foi muito bom em ser vampiro, e voltar a ser humano não ia apagar todas
as coisas que ele fez e passou. Foi emocionante seu reencontrando com Lexi.

Quanto a Damon finalmente
colocou seus desejos de lado e fez o certo pelo irmão e se tornou alguém
melhor. Ele evoluiu muito, mesmo que do seu jeito, e no final também encontrou
sua paz.
PS: Ah e pra quem não entendeu,
no final Elena e Damon morrem depois de muitos anos felizes, e encontram suas
respectivas paz. Elena, com sua família, e Damon com seu irmão.
Quanto aos outros
personagens, fico feliz em dizer que finalmente Bonnie vai começar a viver
longe de Mystic Falls, colocando sua felicidade em primeiro lugar. Não gostei
do destino de Caroline e espero de coração que não façam um spin-off dela e o
Arsenal. Se quiserem trazer a personagem de volta que seja em Nova Orleans.
Fora isso, deixem ela quieta.

Enfim, o encerramento de TVD
foi linda e nostálgica. Não foi o melhor episódio, nem o melhor dos finais. Mas
acabou. Deixará saudade, mas estava na hora.

Comente aqui!!!!