Sem categoria

Miley Cyrus se retrata, mais uma vez, em carta aberta sobre sua entrevista à revista Billboard

Preparando
o seu retorno ao cenário musical, Miley Cyrus parece estar querendo tomar
distancia das polêmicas dessa sua “nova era”. A cantora publicou uma carta em
seu Instagram, falando da forma sensacionalista que vem sendo tratada a
entrevista dada à Billboard.
Em
certas passagens da publicação, estava destacado que a americana não ouvia
artistas como Ed Sheeran e John Mayer e que preferia tratar a sua fase antiga,
em “Bangerz”, como um “passado a ser esquecido”.

When articles are read it isn’t always considered that for hours I’ve spoken with a journalist about my life , where my heart is, my perspective at that time, and the next step in my career. Unfortunately only a portion of that interview makes it to print, & A lot of the time publications like to focus on the most sensationalized part of the conversation. So, to be clear I respect ALL artists who speak their truth and appreciate ALL genres of music (country , pop , alternative …. but in this particular interview I was asked about rap) I have always and will continue to love and celebrate hip hop as I’ve collaborated with some of the very best! At this point in my life I am expanding personally/musically and gravitating more towards uplifting, conscious rap! As I get older I understand the effect music has on the world & Seeing where we are today I feel the younger generation needs to hear positive powerful lyrics! I am proud to be an artist with out borders and thankful for the opportunity to explore so many different styles/ sounds! I hope my words (sung or spoken) always encourage others to LOVE…. Laugh…. Live fully…. to be there for one another… to unify, and to fight for what’s right (human , animal , or environmental ) Sending peace to all! Look forward to sharing my new tunes with you soon! – MC
Uma publicação compartilhada por Miley Cyrus (@mileycyrus) em Mai 5, 2017 às 10:36 PDT

 “Quando artigos são lidos, não são sempre consideradas as horas que eu
falei com um jornalista sobre minha vida, onde meu coração está, minha
perspectiva naquele tempo e o próximo passo da minha carreira. Infelizmente, só
uma porção daquela entrevista chega a impressão, e grande parte do tempo da
publicação gosta de focar na parte mais sensacionalista da conversa. Então,
para ser clara, eu respeito TODOS os artistas que falam a verdade deles e
aprecio TODOS os gêneros de música (country, pop, alternativo…mas em particular
a entrevista perguntou sobre rap). Eu sempre vou continuar a amar e celebrar o
hip-hop como eu sempre colaborei com alguns dos melhores! Neste ponto da minha
vida, eu estou me expandido pessoalmente/musicalmente e gravitando numa direção
inspiradora, rap consciente! Como fiquei mais velha, eu entendi os efeitos que
a música tem no mundo e vejo onde estamos hoje. Eu sinto que as gerações mais
jovens precisam ouvir positivas e poderosas letras! Estou orgulhosa em seu uma
artista sem fronteiras e agradecida pela oportunidade de explorar tantos
estilos/sons diferentes! Eu espero que minhas palavras (cantadas ou faladas)
sempre encorajam os outros a AMAR…rir…viver inteiramente…estar lá para o próximo…unificar
e lutar pelo que é certo (humano, animal ou ambiental). Enviando paz para
todos! Olhando adiante para compartilhar minhas novas músicas com vocês em
breve! – MC”.

Comente aqui!!!!