Sem categoria

Roteirista de “Rogue Onde: Uma História Star Wars” defende “Star Wars: Os Últimos Jedi”

Durante uma entrevista ao JediNews, o roteirista Gary Whitta de “Rogue Onde: Uma História Star Wars”, comentou sobre a rejeição do público pelo filme “Star Wars: Os Últimos Jedi” e aproveitou para defender o diretor.


“Eu acho que o que você quer dizer por ‘fãs’ é na verdade ‘uma minoria barulhenta de fãs’. Olha, eu não necessariamente teria feito as mesmas escolhas que Rian fez porque eu não sou a mesma pessoa, escritor ou fã que ele é, mas eu respeito, admiro, aprecio e apoio todas as escolhas que ele fez. O filme que ele escreveu é muito mais ousado, maduro de desafiador do que qualquer coisa que eu poderia ter escrito”, conta Whitta.



“Eu suspeito que eu teria escrito um filme bem mais regado a fan service e que teria agradado parte dessa minoria barulhenta, mas no fim teria sido um filme bem menos importante justamente por isso. Francamente, estou enojado pelo tratamento que o Rian recebeu. Ele não é só um dos mais talentosos cineastas trabalhando hoje, mas é uma das pessoas mais simpáticas que você poderia cruzar na vida, e tanto ele quanto o filme que ele fez merecem muito melhor”, finaliza o roteirista.

Comente aqui!!!!