Sem categoria

Woody Allen processa a Amazon por quebra de contrato e pede 68 milhões de dólares em indenização



A Amazon cancelou o lançamento do novo filme do diretor Woody Allen, “A Rainy Day in New York”, devidas as inúmeras acusações de estupro, assédio, violência sexual e pedofilia envolvendo o cineasta. Inclusive, uma das acusadoras do diretor é Dylan Farrow sua própria filha adotiva que afirma que o diretor a mantinha numa rotina de abusos sexuais desde a sua infância. Um babado e tanto!


Woody Allen deu início a um processo contra a Amazon
Studios
, alegando que a plataforma voltou atrás em um contrato que
previa múltiplos filmes e séries. O diretor pede 68 milhões de dólares
como indenização, a gente só queria 10%, haha.



De acordo com o processo do diretor, a Amazon não explicou porque não vai lançar o novo filme do cineasta, que já está pronto há mais de seis meses.


Allen originalmente assinou um contrato com a plataforma que previa o lançamento de cinco filmes. Foram lançados “Café Society (2016)” e “Roda Gigante (2017)”. “A Rainy Day In New York” era previsto para ser lançado nesse ano, mas foi arquivado indefinitivamente pela Amazon após as acusações de abuso sexual. Vixe!


“A Rainy Day In New York” é protagonizado por Selena Gomez e Thimoteé Chalamet.


Representantes da Amazon não comentaram sobre o processo. Vamos aguardar os próximos capítulos dessa novela mexicana.

Comente aqui!!!!