CONTÉM SPOILERS DE VINGADORES: ULTIMATO

Vingadores: Ultimato trouxe muitas surpresas e desfechos para o fim de uma saga de 22 filmes, tais como o fim do Homem de Ferro e dos planos de Thanos para dizimar metade do universo. Uma surpresa para os fãs foi como a Marvel Studios finalizou o arco de um dos maiores personagens do UCM. Steve Rogers mais conhecido como Capitão América recebeu um final que surpreendeu muita gente.

Rogers viveu uma vida longa com Peggy Carter quando voltou ao passado para devolver as Jóias do Infinito, e quanto retornou para sua linha do tempo canônica, passou a frente o manto de Capitão. A surpresa foi em sua escolha. Muito se especulava sobre Bucky Barnes ser o novo Capitão América, mas quem realmente vai continuar seu legado é Sam Wilson (Falcão). Ambos eram fortes opções para receberem o escudo dado sua proximidade com o personagem nos filmes. Tanto Barnes quanto Wilson já viveram o Capitão América nos quadrinhos.

A motivação para tal feito, acredita-se ser para diversificar um pouco a forma padrão de super-heróis de gênero masculino e branco, adotadas pela Marvel Studios desde seu início em Homem de Ferro (2008).

A “Marvel NOW!“, É uma linha editorial da Marvel Comics lançada originalmente em 2012 para renovar parte de sua linha de quadrinhos em consequência dos eventos ocorridos em Vingadores vs X-Men. A iniciativa tem como desafio aumentar a representatividade nos quadrinhos, e de acordo com site Polygon, o feito de super-heróis diversificados tem aumentado, como Jane Foster se transformando em Thor, a muçulmana Kamala Khan como Ms Marvel e Sam Wilson (Falcão) como Capitão América.

Sam como Capitão reflete em um tempo mais moderno, trazendo a importância do personagem, o que ele significa e o que ele é. Enquanto Steve e Bucky lutam contra a HYDRA e toda a sociedade nazista dos anos 40, Sam pode trazer uma imagem mais ligada ao presente, de uma era mais moderna.

O editor da Marvel Comics Tom Brevoort contou ao The Verge sua opinião:

“Mesmo que Sam compartilhe de muitas das crenças de Steve em um modo geral, ele também é uma pessoa muito diferente, com um passado muito diferente. Ele não cresceu em 1930, ele é um homem mais moderno, com uma noção dos problemas do Século 21”

Os Irmãos Russo também contaram ao programa de rádio Entertainment Weekly que a decisão não foi fácil, mas foi algo mais “profissional”, por conta de todo o passado de Bucky com sua mente apagada pela Hydra e um passado mais violento que não deveria ser ligado ao Capitão América, Barnes também possui uma conexão mais “pessoal” com Steve, enquanto Rogers e Sam compartilham dos mesmos princípios.

Em março, a Marvel anunciou sua parceria com a Disney+ para uma série dos personagens Soldado Invernal e Falcão, então ainda é cedo para especular o destino dos personagens nos próximos filmes da Marvel. A série ainda não tem data de estréia.

Deixe uma resposta