Vingadores: Ultimato teve uma história surpreendente, que trouxe fim para dois queridos personagens que estiveram presentes na equipe desde sua criação em Os Vingadores: The Avengers (2012), há 7 anos atrás. Mortes sem retorno, já afirmado por todos os envolvidos na produção.

No filme, Viúva Negra se sacrifica em Vormir para obter a Joia da Alma, dando sua própria vida para salvar o universo. Caveira Vermelha, amaldiçoado a guardar a joia para sempre, esclarece para ela e Clint que para conseguirem a joia, se deve abrir mão daquilo que você mais ama. Da mesma forma como Thanos conseguiu a joia em Vingadores: Guerra Infinita, sacrificando Gamora.

Uma cena alternativa onde o Gavião Arqueiro é quem se sacrifica foi gravada, porém os roteiristas chegaram a conclusão de que não teria o mesmo impacto quanto a morte de Viúva Negra.

“A jornada dela, na nossa mente, deveria chegar ao fim se ela encontrasse uma maneira de unir os Vingadores novamente. Ela vem de um passado abusivo, terrível e de controle de mente, então quando ela chega em Vormir e pode trazer a família dela de volta, é algo que ela quer trocar a vida por”, explicou McFeely.

Tony Stark, que também se sacrificou em pró de um universo onde Thanos e seu exército não é uma ameaça, dá sua própria vida ao utilizar todas as Jóias do Infinito, para dizimar seus inimigos.

“Nós tivemos a oportunidade de dar a ele a perfeita vida de aposentadoria, com o filme. Era a vida que ele estava lutando para ter. Ele e Pepper foram felizes juntos? Sim. Eles se casaram, tiveram uma filha, foi ótimo. Foi uma boa morte. Eu não acho que é uma tragédia. É heroico, é uma vida finalizada”, destacou Markus.

O filme é a conclusão de uma saga de 22 filmes, a Saga do Infinito, que durou cerca de 10 anos, tendo seu início em 2008 com Homem de Ferro.

Vingadores: Ultimato, dirigido por Joe e Anthony Russo, estreou no dia 26 de Abril e está em exibição nos cinemas.

Deixe uma resposta