Há quase 60 dias em cartaz, o live-action de “Dumbo” é um completo fracasso comercial. O longa que estreou em 29 de Março de 2019, não conseguiu atingir até o momento a marca de US$350 Milhões.

Mesmo com a direção do aclamado Tim Burton, o filme da Disney Studios que custou US$170 Milhões, não chamou muita atenção do público e um dos possíveis motivos foi a sua estreia colada com “Vingadores: Ultimato”.

“Dumbo” arrecadou dentro do seu território US$112,701 Milhões, enquanto nos demais países conseguiu US$235,394 Milhões, somando um total de US$348 Milhões.

A história segue por Holt Farrier, um ex-estrela de circo e veterano de guerra, que foi alistado pelo dono do circo, Max Medici, para cuidar de um elefante recém-nascido com orelhas fora do padrão. As orelhas do elefante é risada para o circo que já está lutando com a falência. Até que os filhos de Holt descobrem que Dumbo pode voar! A artista aérea Colette Marchant e o empresário VA Vandevere se dirigem para fazer o Dumbo, o elefante voador, uma estrela.

O elenco contará com Colin Farrell, Eva Green, Michael Keaton, Danny DeVito, Alan Arkin, Lucy DeVito, Sandy Martin, Joseph Gatt, Sharon Rooney, Lars Eidinger e Michael Buffer.

O longa é um remake em live-action do longa-metragem animado Dumbo, de 1941, baseado no enredo escrito por Helen Aberson e ilustrado por Harold Pearl.

O filme faz parte de um ambicioso projeto da Disney na produção de remakes em live-action de clássicos animados do estúdio após os êxitos de Alice in Wonderland (2010), Malévola (2014), Cinderella (2015), The Jungle Book (2016) e Beauty and the Beast (2017).

Deixe uma resposta