Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a diretora do reboot de “As Panteras”, Elizabeth Banks, explicou que a nova trama mostrará mulheres fortes.

“Voltei para a ideia original de ‘As Panteras’, que era que as mulheres estavam no mercado de trabalho. E todas as coisas que sinto que estão acontecendo no movimento das mulheres agora, seja com o #MeToo, ou – eu digo isso em um momento de dificuldades para os direitos das mulheres neste país agora – mas eu sinto que todas essas coisas estão acontecendo porque as mulheres estão na força de trabalho em maior número do que nunca na história da humanidade. Eu só queria fazer um filme sobre as mulheres no trabalho, trabalhando juntas. Eu queria fazer um filme que não fosse sobre seus namorados que elas não viram o suficiente, ou os gatos que elas não alimentavam, ou a mãe para quem elas não ligavam, porque eu não me preocupo com essas coisas na minha vida cotidiana. E assim, dessa forma, senti que estávamos atualizando a ideia de ‘As Panteras’”

O reboot será protagonizado por Naomi Scott (Power Rangers), Kristen Stewart (Personal Shopper) e Ella Balinska (Midsomer Murders). No elenco ainda estão Patrick Stewart (X-Men), Djimon Hounsou (Guardiões da Galáxia), Jonathan Tucker (Kingdom), Luis Gerardo Mendez (Club de Cuervos) e Sam Clafin (Jogos Vorazes).

Com Elizabeth Banks na cadeira de diretora, o longa tem seu roteiro assinado por Evan Spiliotopoulos (A Bela e a Fera), David Auburn (A Casa do Lago), Doug Miro e Carlo Bernard (ambos de A Grande Muralha). 

“As Panteras” estreia em 1º de novembro de 2019.