Review Séries

REVIEW | Big Little Lies – Streep eleva o patamar e deixa gosto de quero mais

ATENÇÃO! CONTÉM SPOILERS.

Quem acompanhou a primeira temporada de Big Little Lies jamais imaginaria que o elenco poderia ficar superno. Reese Whiterspoon em seu melhor momento, Nicole Kidman mostrando o que sabe fazer de melhor e Laura Dern provando toda sua versatilidade. As novinhas Shailene Woodley surpreendendo como Jane e Zoe Kravitz conquistando o público com a Bonnie. Dá pra ficar melhor que isso? Primeiro nós tínhamos certeza que não, mas ao anunciar a chegada de Mary Louise interpretada por Meryl Streep fez com que nós mudássemos de ideia. Como mãe do falecido Perry (Alexander Skarsgård), Streep elevou o patamar de atuação e fez todo o elenco já consagrado, parecer amadores.

Big Little Lies é uma adaptação do livro publicado no Brasil como “Pequenas Grandes Mentiras” da autora Liane Moriarty. A primeira temporada acompanhou a trajetória de cinco mulheres que vivem em Monterrey, na Califórnia. Com a intenção de produzir uma continuação, a HBO deixou pontas soltas no episódio final da primeira temporada. É sempre complicado dar continuidade em uma série/filme adaptada de uma outra obra com um final tão fechado, mas a emissora correu o risco para agradar os fãs e arrecadar mais alguns milhões de dólares.

As histórias e narrativas desenvolvidas para a segunda temporada não são tão fortes e empolgantes quanto das da primeira. O drama de Ed (Adam Scott) ter descoberto a traição de Madeline (Whiterspoon) e a relação conturbada entre Bonnie e sua mãe não foram os melhores momentos. Por outro lado, Dern brilha como Renata Klein, tendo momentos brilhantes durante toda a temporada. Jane, também cria uma personalidade mais interessante. Porém, as grandes estrelas da série se tornam Celeste (Kidman) e Mary Louise, que travam uma batalha homérica para conquistar a guarda de Max e Josh, filhos de Perry com a personagem de Kidman.

Muito provável que não tenhamos uma terceira temporada, já que o showrunner de Big Little Lies, David E. Kelley, disse estar satisfeito com o final da série e que não há planos para o futuro, até porque seria difícil conciliar a agenda das badaladas atrizes. Porém, o produtor disse a mesma coisa ao final da primeira temporada então ainda há esperanças.

Caso Big Little Lies não volte, a série já deixou seu marco na cultura pop, reunindo um elenco de alto escalão e nos entregando momentos memoráveis como Laura Dern cantando “It’s My House” de Diana Ross ou Meryl Streep berrando na mesa de jantar. Como diria o meme: “ai Gabi , só quem viveu sabe…”

NOTA: 8/10

Comente aqui!!!!