Cinema Especial

Blade | Conheça o caçador de vampiros que ganhará um reboot na Marvel

Depois de ter anunciado em um painel na San Diego Comic Con toda a sua programação para a Fase 4 nos cinemas, a Marvel surpreendeu aos moldes de suas cenas pós créditos com o anúncio do reboot de Blade – ainda sem previsão de lançamento –, agora estrelado por Mahershala Ali.

O ator atuou em 2016 como o vilão Boca de Algodão (Cornell Stokes) na primeira temporada de Luke Cage na Netflix. Com a confirmação de Mahershala como protagonista do novo filme do Caçador de Vampiros, as chances de uma inclusão definitiva das séries da parceria Marvel-Netflix (Os Defensores, Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro) no MCU são quase que nulas, visto que a Marvel não costuma reciclar seus atores para interpretar mais de um personagem no mesmo universo. Um exemplo recente é o retorno do cientista que ajudou o vilão Obadiah Stanes (Jeff Bridges) a construir sua armadura no primeiro Homem de Ferro em 2008 agora como assistente do Mystério (Jake Gyllenhaal) em Homem Aranha: Longe de Casa onze anos depois.

Mahershala terá o desafio de assumir o manto de um herói que já foi protagonizado por Wesley Snipes entre 1998 e 2004. Os maiores feitos da trilogia de Snipes não ficam somente por conta das incríveis coreografias de luta, mas também da responsabilidade de ser um dos filmes precursores do gênero de super-herói nos cinemas, antes mesmo do primeiro X-Men (2000) que definiu um ponto de partida para a produção do gênero.

A escolha de Mahershala trata-se de uma atitude bastante responsável. O ator e rapper norte-americano de 45 anos, dono de duas estatuetas de Melhor Ator Coadjuvante pela atuação marcante em Moonlight (2017) e no recente Green Book (2019) possui um repertório suficientemente capaz de garantir maestria na pele do herói.

Embora a trilogia de Snipes não foque exatamente na história de origem do Andarilho do Dia, seu comportamento nos cinemas é bastante fiel aos quadrinhos. Criado pelo roteirista Marv Wolfman (1946) e pelo desenhista Gene Colan (1926 – 2011), Blade (Eric Brooks) apareceu pela primeira vez em julho de 1973 em “The Tomb of Dracula #10” como o responsável por combater os planos do vilão Drácula em um cruzeiro no Mar Mediterrâneo.

Sua origem se inicia com a fuga de sua mãe Tara Cross (depois Vanessa Brooks) que está grávida para a Inglaterra, após seu marido Lucas Cross ser preso na Latvéria (nação fictícia localizada no Leste Europeu). Os dois eram agentes da Ordem Secreta da Tyranna.

No esconderijo na Inglaterra, Vanessa Brooks precisa recorrer a um médico devido a complicações na gestação. Ela recebe os cuidados de Dyacóno Frost que é na verdade um vampiro que estava se alimentando de seu sangue. Como resultado da ação, a mãe de Eric Brooks acaba morrendo e o DNA de Frost se une ao do bebê Eric, fazendo com que o recém-nascido adquira as habilidades de regeneração, reflexo sobre humano, força e agilidade dos vampiros.

Diferente dos outros vampiros, Blade é capaz de andar sob a luz do dia, embora ocasionalmente sinta a mesma vontade por sangue. Como forma de aproveitar as suas habilidades, o arco do herói rodeia o combate aos planos de Drácula e seus vampiros subordinados.

Em 2013, os direitos autorais do personagem retornaram à Marvel Studios após passar um tempo com a New Line (em 2008 o estúdio foi fundido à Warner Bros. Pictures), assim como o Motoqueiro Fantasma e o Justiceiro (Sony Pictures). Essa nova leva de heróis possibilita à Marvel a explorar gêneros de filmes com um viés mais sombrio e realista.

O reboot de Blade protagonizado por Mahershala Ali ainda não possui data de estreia, mas especula-se que seu lançamento deve ocorrer ao final da Fase 4 do MCU, após o lançamento de todos os filmes anunciados no Hall H. De qualquer forma, entre 23 e 25 de agosto acontecerá a D23, evento exclusivo da Disney que dará mais detalhes sobre as produções anunciadas.

Comente aqui!!!!