Cinema

Saiba tudo sobre “A Menina Que Matou os Pais”, filme sobre o caso Richthofen

Causando polêmica desde quando foi anunciado, “A Menina Que Matou Os Pais” vai narrar a história do crime da família Von Richthofen mostrando a história que antecede o assassinato.

No dia 31 de outubro de 2002, Suzane von Richthofen, a filha mais velha da família, assassinou cruelmente seus pais Manfred Albert von Richthofen e Marísia von Richthofen em um crime realizado em conjunto com os irmãos Daniel e Cristian Cravinho, respectivamente namorado e cunhado de Suzane.

Muitas dúvidas surgiram com o anúncio do longa. Começou a ser questionado por exemplo se Suzane, Daniel e Cristian estariam envolvidos com a produção. A produtora Santa Rita Filmes e a distribuidora Galeria negam qualquer envolvimento dos assassinos e confirmam que eles não receberão nenhuma porcentagem da renda de bilheteria e nem direitos autorais.

O roteiro é baseado nos autos do processo, em especial os depoimentos dos envolvidos, e Ilana Casoy, uma das roteiristas do longa, acompanhou o processo de julgamento e a reconstituição do crime, com o objetivo de trazer mais fidelidade à obra.

Imagem de Suzane e seu irmão no velório dos pais.

“A Menina Que Matou Os Pais” está sendo produzido inteiramente por investimentos privados, sem recorrer a leis de incentivos fiscais. No papel de Suzane, foi escalada a atriz Carla Dias, que iniciou sua carreira na novela “O Clone” da TV Globo exibida em 2001. O responsável pela direção é Mauricio Eça, idealizador dos filmes infantis baseados na novela Carrossel.

Com as gravações agendadas para o final deste ano, o filme deve estrear no primeiro semestre de 2020.

Comente aqui!!!!