Review Séries

REVIEW | FearTWD – Quando reciclar soa bem na TV (s/spoilers)

As vezes é preciso apreciar o mais monótono dos episódios para que os de verdadeira ação tenham o devido impacto.

No episódio que foi ao ar (01/09) foi introduzido um novo personagem, o rabino Jacob (Chris Taub), e em pouco tempo fica perceptível que ele é uma simples junção de Hershel e Padre Gabriel. Claro, ele não é uma cópia. Mas uma versão melhorada. Fear tem recorrido a atores já um pouco conhecidos em seu cast o que tem ajudado a construir rapidamente o apreço por seus personagens. Se você viu House já sabe o que estou falando.

Mas ao contrário de Gabriel e Hershel, Jacob não está em negação e tão pouco é um covarde. Ele apenas é humano e perdeu sua fé, mesmo que ela seja a única coisa que lhe resta. É curioso observar que em ambas as séries, figuras, líderes religiosos perderam sua congregação e fé. Afinal, eles não deveria ser os mais preparados para o fim do mundo? Mas o que fazer quando o fim chega e não há arrebatamento? Quando você fica para trás com os mortos?

Em contrapartida, Charlie levanta um problema que tem inquietado os telespectadores. Até quando eles irão continuar nessa jornada para o Eldorado? Vale a pena continuar fugindo por causa de um recurso que irá inevitavelmente acabar? Claro, todo recurso é precioso. Mas vale a pena se arriscar a esse ponto? Rick e seu grupo em maior parte do tempo caminharam e por maior que seja o grupo de Alicia, talvez essa seja uma possibilidade mais lógica. Manter um grupo em paz é muito mais produtivo do que em constante alerta.

E isso só vai gerar caos.

Mas com apenas mais 4 episódios para seu fim de temporada, Fear parece estar pronta para sua conclusão. Logan encontrou o ponto fraco do grupo e irá atacar. Resta saber como os demais irão lidar. Fico curiosa em ver qual o papel de Dwight nessa parte da temporada já que de todos ele é o mais apto para lidar com o tipo de Logan. Mas ao mesmo tempo ele seria um melhor conselheiro de guerra do que líder.

Entendo a frustração dos fãs com a demora no desenrolar dessa disputa e com a falta de ação. Mas as vezes é preciso apreciar o mais monótono dos episódios para que os de verdadeira ação tenham o devido impacto. A 5° temporada tem passado por muitas oscilações, e parece ter se acomodado e estar tendo medo de se arriscar, ou pode simplesmente estar preparando o terreno para um grande acontecimento.

O que pode ser?

Comente aqui!!!!