REVIEW | AHS Camp Redwood – Nostalgia em menos de 5 minutos 9×01 (s/spoilers)

Menos de 5 minutos é tudo que você precisa para entender o que esperar dessa nova temporada de AHS. Para os fãs de terror de plantão esse primeiro episódio será uma grande viagem no tempo e devo dizer, que viagem!

Filmes dos anos 80 (principalmente de terror/ficção) estão sendo constantemente sofrendo um remake ou reboot. E apesar de boas intenções, o inferno de lançamentos tem nos bombardeado com produções rasas e que tentam sem sucesso alcançar a originalidade de outrora. É uma pena.

Com quase nenhuma expectativa para essa nova empreitada de AHS, assisti “Camp Redwood” que rapidamente me fez sorrir e respirar pura nostalgia slasher. Que bela surpresa! Durante seus 42 min fui capaz de recordar cada filme que fez parte da minha infância e em nenhum momento senti que fosse uma cópia ou algo sem graça. AHS introduz suas próprias cores com atores já conhecidos nesse gênero tão pouco apreciado.

“Sexta-feira 13”, “Eu sei o que vocês fizeram no verão passado”, “Halloween”, “Pânico”, “O Massacre da Serra Elétrica”, “O Brinquedo Assassino”. Nomeie seu veneno dos anos 80 e será recompensado.

Foi uma surpresa ver Emma Roberts fazendo papel de mocinha pela primeira vez (mas claro em AHS tudo é possível). Mesmo sem Sarah e Evans nesse ano, a série não sofrerá uma queda já que os que ficaram e ainda irão aparecer carregam muito bem a trama. E sempre é uma ótima oportunidade de introduzir novas caras para esse universo. Afinal, Apocalypse fechou um ciclo.

1984 é a segunda temporada de AHS em que sua história se passa no passado.

Sem entrar em detalhes do que acontece no primeiro episódio. “Camp Redwood” abraça os clichês e adiciona seus próprios. Tem uma maravilhosa parada no clássico posto de gasolina e claro um serial killer!

AHS retornou na última quarta, 18.

PS: Ah, e um detalhe para os fãs, essa temporada foi filmada no mesmo local de gravações do filme Sexta Feira 13.

PS²: Atualmente ela está com 95% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *