REVIEW | FearTWD 5° Temporada (c/spoilers)

Encerrando seu quinto ano com uma temporada controversa, Fear opta por construir uma ideia e acaba falhando em sua execução, se perdendo na própria história e vivendo uma utopia fadada a consequências devastadoras.

Após concluir o quinto ano é impossível como fã não se sentir frustrado. Fear tem vindo de temporadas incríveis e infelizmente, essa temporada não foi bem assim. Veja bem, eu não tenho problema em desenvolver os personagens e suas histórias, mas fazer disso o tema central da temporada não é inteligente.

Para não perder nenhuma novidade do mundo do entretenimento, siga o Premiere Line no Instagram, Twitter e Facebook

É incrível que numa temporada do universo de TWD, ninguém morra. Claro, houve mortes. Mas nenhuma do lado que esperávamos. Pode até ser mórbito pensar assim, mas é a realidade. Pessoas morrem a todo momento nesse novo mundo. E o que eles se propuseram a fazer só aumentava os riscos.

Após passar por 16 episódios posso reafirmar com toda certeza o quão irresponsável é a ideia de ajudar toda e qualquer pessoa. Eles estão vivendo em um mundo apocalíptico. Um mundo em que pessoas matam por uma barra de cereal. Pegar um avião e ir para o outro lado das montanhas é só uma das milhares de atitudes estúpidas que os personagens tomam ao longo dessa temporada. Houveram diversas oportunidades perdidas nessa season. Diversos inimigos possíveis que não foram desenvolvidos.

Acredito que eles pretendiam fazer da 5° temporada de Fear a 6° de TWD. Uma construção e preparação do terreno para o grande inimigo. Claro, algumas coisas funcionaram. Outras com certeza não. Isabel e o misterioso helicóptero foram o ponto alto da primeira parte dessa temporada. A morte de Logan e cia e a chegada de Virginia foram o da segunda parte. Tudo que aconteceu entre esses pontos altos, paira entre o mediano e irrealidade.

Isabel e o helicóptero acredito que funciona como um easter egg para os filmes de Rick. (É preciso lembrar que Fear se passa atualmente no passado de TWD. Já que Morgan saiu de Virginia muito antes de Rick ser levado, que foi há quase 7 anos a frente).

Já Virginia tem extremo potencial para ser uma grande vilã. Modus operandi a parte, o que ela está fazendo tem funcionado e até mais do que o método de Morgan.

[SPOILERS A FRENTE]

Falando em Morgan. É quase chocante haver a possibilidade que ele está morto. A situação dele é bem ruim. Mas Rick esteve nessa mesma posição antes do seu sequestro. Então acredito que alguém também irá salva-lo e arrisco dizer que pode ser Sherry (a esposa de Dwight). Logo cedo ele havia mencionado pensar ter escutado ela, então há grandes possibilidades de sua aparição na 6° temporada ser uma realidade. A tentativa de assassinato de Morgan serve para mostrar o lado implacável de Virginia. E foi uma sequência de tirar o fôlego, principalmente o segundo tiro.

Acredito que a falta de ação nessa temporada impossibilitou a evolução de muitos personagens. Foi quase que uma sessão de terapia em 16 sessões.

Foi bom ver personagens como Daniel tendo mais destaque. Mas novamente me pergunto o que pode se extrair dele. Ele é o tipo de personagem pouco maleável.

O resultado final, foi uma 5° temporada cheia de mudanças que atrapalhou o ritmo da série mas que apesar disso, conseguiu entregar bons momentos.

OBS¹: Para o sexto ano, Fear deve por em prática toda a construção da chegada de Virginia e teremos uma nova visão do “futuro” pregado por sua ideologia.

OBS²: Outra possibilidade para Morgan é Madison estar viva. Muitos fãs acreditam que o fato da série não mostrar sua morte abre uma brecha para sua volta. E assim como Morgan que só voltou a aparecer em TWD na 3° temporada, é possível que Madison também possa voltar.