Sofrendo com mais um delírio, Jair Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio de promover incêndios na Amazônia

Mais uma cortina de fumaça foi criada pelo presidente do Brasil, o senhor esquizofrênico, Jair Bolsonaro.

Para desfocar a atenção da população das investigações da morte da ex-vereadora Marielle Franco, no qual a sua família está envolvida, como mostra algumas provas (Clique aqui para saber mais), o senhor Bolsonaro resolveu acusar o ator e filantropo Leonardo DiCaprio de ter dado dinheiro para as ONGs atear fogo na Amazônia.

Tudo começou na última quinta-feira (28), após o político realizar uma live, no qual disse que o ator colaborou com as queimadas no Brasil, doando 500 mil dólares para organizações não governamental.

“Uma ONG [WWF] ali pagou 70 mil reais por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa 500 mil dólares para essa ONG”, disse Bolsonaro se esforçando para fazer um discurso comovente.

De acordo com a Veja, o delegado José Humberto Melo Jr, que está à frente das investigações dos incêndios, afirma que a WWF está envolvida.

Segundo o mesmo, membros de 3 ONGs locais venderam 40 imagens para a WWF para uso exclusivo por 70 mil reais, e a organização internacional conseguiu doações como a do ator -americano, no valor de 500 mil dólares.

A ONG se manifestou dizendo: “repudia as mentiras envolvendo o seu nome, como a série de ataques em redes digitais com base em mentiras, como a compra de fotos vinculadas a uma doação do ator Leonardo DiCaprio”.

Comente aqui!!!!