Música

Ariana Grande anuncia álbum ao vivo da “Sweetener Tour”

Ariana Grande tem mimos para os seus fãs! A cantora anunciou neste fim de semana que lançará um álbum ao vivo da “Sweetener Tour”.

Em suas redes sociais a interprete de “Don’t Call Me Angel”, disse: “Tenho preparado esses vocais para o álbum ao vivo. Estou ouvindo as primeiras mixagens e estou muito empolgada. Estou produzindo todos os vocais sozinha, e o Johnny está produzindo todas as partes da banda. O prazo máximo de entrega será em breve, então, só queria dizer ‘oi’ e que amo vocês e que estou com saudade”.

Sweetener World Tour é a quarta turnê e a terceira mundial de Ariana Grande, em suporte aos seus quarto e quinto álbuns de estúdio Sweetener (2018) e Thank U, Next (2019).

A turnê foi oficialmente anunciada no Twitter da intérprete em 25 de outubro de 2018 e percorre arenas na América do Norte e Europa, começando em 18 de março de 2019 no Times Union Center em Albany, Nova Iorque, estando prevista para terminar em 22 de dezembro do mesmo ano no The Forum em Inglewood, Califórnia, Estados Unidos, totalizando cem concertos.

Dados compilados pela Billboard ao longo da primeira etapa norte-americana, encerrada em agosto de 2019, revelaram um considerável crescimento de Grande em suas turnês, tanto em público quanto em faturamento. No total, a primeira leva da América do Norte encerrou com todos os concertos esgotados nos Estados Unidos, 659,842 ingressos vendidos e US$ 78.8 milhões arrecadados ao longo de 48 shows, assim ultrapassando o total das turnês anteriores da cantora e fazendo da Sweetener World Tour a mais bem sucedida de sua carreira, com ainda duas etapas a serem realizadas. A digressão superou o total global de US$ 71.1 milhões da Dangerous Woman Tour em 11%, além dos US$ 25 milhões da The Honeymoon Tour, com um aumento de 137% nos dados totais obtidos na América do Norte (US$ 33.2 milhões e 22.8 milhões, respectivamente).

Individualmente, a primeira etapa da digressão rendeu os melhores dados da cantora em público e faturamento até a data. Os dois shows no Madison Square Garden em Nova Iorque obtiveram um comparecimento de 28,576 pagantes, e um lucro de US$ 5.5 milhões — representando o maior faturamento da carreira de Grande —, enquanto outros dois no Barclays Center no Brooklyn, com US$ 4.4 milhões arrecadados, conquistaram o maior público da artista em solo norte-americano com 28,972 bilhetes. 32 dos 40 maiores registros de Grande em turnês vieram da Sweetener World Tour, um dado considerado “impressionante” pelo colunista Eric Frankenberg uma vez que metade da turnê ainda não havia sido concluída. A média por show aumentou em 98% em comparação à turnê anterior, saltando de US$ 830 mil para US$ 1.64 milhão por noite; segundo o jornalista, entre US$ 42.5 e US$ 45 milhões podem ser arrecadados na etapa europeia caso a mesma progressão ocorra, com um possível total de US$ 150 milhões.

Comente aqui!!!!