“Daybreak” é cancelada após sua primeira temporada

O criador da série “Daybreak” da Netflix, Aron Coleite, anunciou em suas redes sociais nesta terça-feira (17), o cancelamento da série.

“Daybreakers,
Nós descobrimos na semana passada que Daybreak não retornará para uma segunda temporada. Lamentamos que não pudemos compartilhar isso com vocês antes, mas estamos gratos por termos tido estas últimas sessões de live tweet com vocês. Obrigado por terem visto o que nós disponibilizamos, por terem curtido de sua própria, estranha, incrível e monstruosa maneira, e por serem uma parte tão importante desta série e a experiência de fazê-la. Aqui em Daybreak nós não dizemos eu te amo. Nós dizemos ‘você é uma m***’. Nós dizemos ‘vamos ser monstros’. Então sejam m***, sejam monstros. Mais importantemente, continuem sendo vocês. Ninguém está de coração mais partido do que nós por não podermos continuar essa jornada com vocês. Mas somos gratos por termos chegado tão longe. Obrigado por virem com a gente, por suas vozes, seu entusiasmo, seus memes, suas piadas de peidos, e sua loucura. Nos vemos por aí”.

Daybreak é uma série de TV norte-americana produzida para a Netflix. A história acompanha Josh, um garoto excluído do ensino médio, que está procurando sua namorada desaparecida em Glendale, na California, em um mundo pós-apocalíptico tomado por zumbis. Ele se junta a um grupo de desajustados, Angelica e o ex-valentão, Wesley. No caminho, eles enfrentarão muitas coisas estranhas.

A série é uma adaptação da graphic novel de Brian Ralphm, lançada em 2013, contada inteiramente em perspectiva de primeira pessoa.