Cinema Crítica Em Alta

Crítica | “Maria e João – O Conto das Bruxas”: Desconstruindo o conto de fadas para a Geração Y

O que se espera de uma adaptação de conto de fadas? Uma floresta linda e convidativa? Uma princesa performando feminilidade e um príncipe depilado antes mesmo de inventarem a gilete? Esquece! O cineasta Oz Perkins entrega “Maria e João – O Conto das Bruxas” de uma forma que provavelmente você não está esperando. Nessa versão, João e Maria enfrentam desafios mais obscuros do que estamos acostumados.

A ideia de traduzir um conto de Grimm como uma história de terror para uma audiência jovem não é tão revolucionária, mas aqui funciona. No século 17 e 18, esses contos eram usados para alertar crianças sobre alguns perigos, como por exemplo estupro. “Maria e João – O Conto das Bruxas” segue a tradição abordando temas sensíveis, mas conseguindo passar a mensagem para espectadores mais inocentes.

O projeto segue perfeitamente a cartilha para conquistar o jovem Tumblr, deixando os VSCO teens com material para os próximos meses. O visual, que parece ter saído de uma pasta do Pinterest, aproveita o enredo fantasioso e cria um uma estética lúdica ressaltado principalmente pela luz da fotografia que desenha um quadro harmonioso com utilização de signos millennials chegando no alinhamento estreito entre conceito e público alvo.

“Gretel & Hansel” (como o filme é chamado em países anglo-saxônicos) parece até uma versão para menores de uma obra de Robert Eggers, diretor de “A Bruxa” e “O Farol”. O discurso feminista envolvendo a temática de bruxas faz alusão ao primeiro longa-metragem dirigido por Eggers.

Não é de hoje que eu digo “prestem atenção em Sophia Lillis”. A atriz que interpreta Maria é uma das grandes apostas para a próxima geração e viu sua carreira deslanchar após sua performance eletrizante em “Sharp Objects”, série da HBO. Neste filme, Lillis compartilha a tela com – a incrível e irreconhecível – Alice Krige e o novato Samuel Leakey desenvolvem uma química que imprime uma ótima atuação.

Criando um aspecto de suspense e terror, “Maria e João – O Conto das Bruxas” é uma boa adição para a lista horror teen e pode despertar uma nova forma de adaptação de contos de fada.

“Maria e João – O Conto das Bruxas” estreia dia 20 de fevereiro nos cinemas.

12 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: