Música

TRACK BY TRACK | Novo álbum “Smile” de Katy Perry e tudo sobre o conceito por trás dele

E na mesma semana em que os Katycats comemoram os 10 anos do álbum Teenage Dream, uma nova era na carreira de Katy Perry acaba de nascer. Acaba sendo algo até simbólico se pegarmos estes dois álbuns e ver através deles o quanto as coisas mudaram e o quanto a própria Katy evoluiu ao longo de uma década. Hoje aos seus 35 anos de idade, uma grande bagagem por estar no olho da mídia por todo esse tempo, “Smile” é um disco baseado em várias reflexões de sua vida artística e pessoal, mostrando um pouco do mundo por trás do universo criado através de perucas coloridas, sutiãs de chantilly ou das vezes em que ela foi a rainha da selva ou do Egito.

Foto: (Divulgação)

Alguns dos maiores hits de motivação e empoderamento que marcaram sua carreira foram escritos quando ela se sentia de uma maneira totalmente oposta, mas após perceber que seu nome já não aparecia mais nos topos das paradas de single, novas perspectivas começaram a ser visualizadas por ela.

A era “Witness” que antecede o “Smile” é um grande ponto de debate sobre a carreira de Katy. A mesma já disse que o “Witness” foi uma das fases mais difíceis de sua vida, em que a mesma foi diagnosticada com depressão fazendo assim com que o “Smile” viesse com esse tom de reflexão, incertezas e desabafos.

“Era como se as pessoas falassem: ‘Agora chega. Muito Obrigado. Você já nos deu algo, e estamos satisfeitos.’. E eu não consegui sair da cama por semanas, fui diagnosticada com depressão, precisei tomar remédios pela primeira vez na minha vida. Eu tinha muita vergonha, eu pensava: ‘Sou Katy Perry, eu escrevi ‘Firework’, e agora estou tomando remédio” – Disse a cantora em recente entrevista

Track By Track ” Smile”

  1. Never Really Over: Na prática, a era Smile começou a mais de 1 ano quando Never Really Over foi lançada em maio de 2019. Never Really Over é a faixa que abre o álbum, já trazendo de cara um dos temas mais em pauta no cenário pop: Ansiedade e Saúde Mental. Como a própria Katy já descreveu que este álbum reflete o seu caminho para conseguir sorrir novamente, analisando a mensagem de Never Really Over sobre todo fim ser um recomeço, temos aqui o que parece ser o primeiro passo de uma jornada. Saber deixar o que passou para trás e aprender que entre bons e maus momentos, tudo o que nós vivemos torna quem somos e é um passo essencial para que a vida continue andando e saber que uma hora podemos cair mas logo levantamos novamente.
  2. Cry About It Later: Uma dobradinha tanto em sonoridade quanto em temática, em Cry About It Later temos aquela perspectiva sobre pelo menos por uma noite deixarmos os problemas de lado, enchermos a cara e depois voltar a encarar a realidade sob um novo ponto de vista.
  3. Teary Eyes: Música para chorar na balada seria uma ótima descrição para Teary Eyes. Se em Cry About It Later esta mensagem já é um pouco mais subjetiva, quando na terceira faixa do álbum a Katy te encoraja a continuar dançando mesmo com os olhos encharcados, temos aqui aquele bom e velho conceito de que colocar para fora vai ser sempre a melhor solução.
  4. Daisies: Fechando a trinca de electro pop do álbum, Daisies soa como uma transição tanto de sonoridade quanto de temática, porque agora sim chegou a hora de se reerguer novamente, parar de chorar, pegar as pedras que lhe foram atiradas e construir um novo lar. Aqui a Katy emotiva e machucada dá lugar a uma Katy resiliente, confiante e autocentrada.
  5. Resilient: Falando em “Vida que segue” quando em Resilient esbarramos no verso ” I am Resilient, born to be briliant”, este parece ser um momento em que Katy percebe que o destino dela é brilhar e que não irá desistir.
  6. Not The End Of The World: Trás a mesma presença de Never Really Over, porém com uma pegada mais explícita de autoajuda e apostando em um Trap que ela mesma ajudou a popularizar no mainstream 2013 com a faixa “Dark Horse”.
  7. Smile: De forma rápida e esperta, Katy contextualiza muito bem tudo que ela descreveu em entrevistas sobre qual seria a proposta do álbum, que ela chorou, sofreu, passou por momentos difíceis, cada lágrima foi uma lição, como a mesma cita na letra, mas que se reencontrou e consegue sorrir novamente. Tudo aqui é relembrado de forma muito leve e divertida, relembrando a Katy da época de Last Friday Night.
  8. Champagne Problems: Versos como “Nós dois sabemos que o pior já passou, me traz para perto de você e nos sirva. Tudo o que temos agora são problemas com champanhe.” e “Eu quero te ver assim que limpar meus olhos pela manhã.Até o dia que eu partir você poderia ser o amor da minha vida?”, parece ser uma declaração direta a Orlando Bloom, seu marido, o que só é possível existir neste álbum por os dois terem reatado.
  9. Tucked: Talvez a mais colorida e a que mais traz aquela vibe Katy doceira de volta, Tucked fala sobre estar com alguém ou algo sempre na cabeça, que para ela seria como uma maldição, mas que agora é uma benção a ela.
  10. Harleys In Hawaii: A música tem pegada bem vibes, e em termos de reconhecimento este foi o único trabalho do álbum a ser lembrado no VMA’S recebendo indicação a Melhor Cinematografia.
  11. Only Love: Refletindo sobre como seria seu último dia na Terra, Only Love fala sobre deixar tudo o que é negativo para trás e ficar apenas com o amor que por muito tempo foi perdido como coisas que no fim nem eram tão importantes.
  12. What Makes a Woman: Faixa criada após sua gravidez e que a princípio era para ser uma homenagem às mulheres mas ao perceber as complexidades do ser feminino acabou se tornando uma música sobre como é difícil definir uma mulher pois elas são muitas coisas diferentes.

Após esse especial Track By Track do icônico “Smile”, esperamos que tenham gostado e se interessado por esse álbum que está uma verdadeira obra-prima pessoal e empoderada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s