Ir para conteúdo

O terror da OMS, Dua Lipa fala sobre a “cultura do cancelamento”

Apelidada carinhosamente de “o terror da OMS”, por ter sido flagrada diversas vezes, desrespeitando as recomendações do Organização Mundial da Saúde durante a pandemia do novo coronavírus, a cantora Dua Lipa conversou com a revista Attitude, sobre a “cultura do cancelamento”.

“Acho que há muito julgamento e maldade”, disse a interprete de “Levitating”. “A cultura do cancelamento é tão perigosa e tóxico. Ser engraçada é a melhor moeda, mesmo que às custas de outras pessoas”, disse a britânica.

Dua também abordou o bullying que vivenciou no início de sua carreira: “Por um curto período de tempo isso atrapalhou minha saúde mental. Eu subia no palco e se alguém estivesse me filmando, na minha cabeça … eu pensava ‘Eles vão filmar para que possam rir de mim'”.

Ela acrescentou que, em última análise, as críticas a tornaram mais forte. Ela explicou: “Sim, foi um momento difícil, mas também sou muito grata pela experiência porque me tornei muito mais forte. Fiquei muito mais confiante depois disso.”

Categorias

Música

Tags

premiereline Ver tudo

Sua maior fonte de cultura pop!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s