Ir para conteúdo

RBD: Fãs processam produtor por propaganda enganosa após live do grupo

Na noite de 26 de dezembro de 2020 os fãs do RBD foram contemplados com a live “Ser O Parecer“, reunindo quatro de seis dos integrantes originais (Anahí, Christopher von Uckermann, Maite Perroni e Christian Chávez) do grupo após 12 anos do fim. A live foi realmente histórica, tendo grande significado ao fandom, porém, teve fã que saiu insatisfeito, rendendo até processo.

O problema surgiu pelo fato da live ter sido paga e ter sido oferecidos pacotes distintos. O mais barato oferecia somente o acesso para assistir à live, custando R$ 160,68. Más, por R$ 250,25, os fãs teriam acesso a imagens do camarim e interação com artistas. No final da conta, esse combo “extra” não foi realizado. As pessoas pagaram mais, pelo simples nada.

De acordo com Fábia Oliveira, do “jornal O Dia”, um grupo de fãs brasileiros que pagou esse valor extra acusaram o produtor Guillermo Rosas, responsável pela live, de propaganda enganosa. Então, eles iniciaram um processo. Eles somente querem o reembolso do serviço que não foi realizado. Não foi citado nada sobre indenização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s