PL entrevista: Conversamos com o produtor Maestro responsável pela trilha sonora de “A Garota Invisível”

Na última semana o Premiere Line conversou com o produtor e multi instrumentista, Maestro, responsável pela trilha sonora do filme “A Garota Invisível”.

O produtor revelou recentemente que trabalhou nas músicas do filme em meio a pandemia, precisando realizar todas as reuniões com a equipe do longa por vídeo conferência. Mas para ele, o processo ficou mais fácil.

Posso dizer que criar durante a pandemia está sendo mais fácil pra mim! Com menos interrupções e compromissos presenciais, consigo ficar concentrado durante muitas horas sem perder o “flow” das criações e produções.

Como trabalhou sem interrupções e sem sair de casa, Maestro conta que conseguiu produzir mais de 50 músicas em 3 semanas para o longa.

Foi muito rápido em relação à demanda de músicas. Ao todo, criei e produzi 55 músicas em 3 semanas. O briefing foi muito preciso da parte do Maurício Eça e do Marcelo Braga, e os processos de aprovação e ajustes também foram muito acertados. O que proporcionou com que tudo fosse finalizado nesse prazo curtinho.

Quando questionado se trabalharia novamente em um trilha sonora, remotamente, ele garante que sim!

Com certeza!! Inclusive através desse modelo é possível trabalhar com trilhas para audiovisual, atendendo os cinco continentes!! hehe

Saindo do mundo de “A Garota Invisível” e conhecendo melhor outro projeto do Maestro, o produtor comentou sobre o processo de seleção das músicas de “Caju”, álbum do cantor Quinta.

As músicas foram selecionadas pelo Quinta, que foi o idealizador do projeto e o cantor do álbum. A idéia dos beats e do conceito sonoro como um todo, foi justamente trazer novas roupagens para as canções, que em suas primeiras gravações tiveram como estilo principal o Rock. Nossa idéia foi deixar mais Lounge e Word Music.

Hoje o mercado de artistas independentes tem aumentado significativamente e muitos estão fazendo mais com menos. O produtor comentou a sua visão desse momento e levantou pontos interessantes.

Mas pra chegar no que chamamos de “menos” hoje em dia, tivemos o trabalho duro de muitas pessoas, que ao longo dos anos desenvolveram tecnologias capazes de fazer com que altamente muitos artistas consigam produzir trabalhos de grande qualidade, dentro da própria casa, sem necessariamente ter que recorrer a algum estúdio “profissional” de gravação. Grande parte desse mérito está associada a pessoas que desenvolvem tecnologias para o áudio.

Agora, quando foi perguntado sobre quais projetos gostaria de ter trabalhado na história da música, Maestro conta que seria injusto escolher um, já que tem vários ídolos.

Tenho muitos ídolos e seria injusto apontar algum ou alguns poucos em especial, mas poderia ter sido o motorista da carroça do Mozart, ou o mordomo do Beethoven..

Quando o assunto é colaboração, o multi instrumentista revelou quais artistas gostaria de ter a oportunidade de trabalhar:

Da atualidade, gostaria de colaborar com um artista que gosto muito das letras e estou ouvindo muito ultimamente. O Novíssimo Edgar. Também gostaria de trabalhar com um grupo norueguês que acho demais, chamado Jaga Jazzist. E não seria nada mal se fosse convidado pra fazer a trilha de alguma temporada de Rick e Morty.

Com 15 anos de carreira e vários trabalhos marcantes, o produtor deu uma excelente dica para os jovens que estão começando no setor de produção musical:

Investir em conhecimento! Estudar e se dedicar bastante. Acredito que quando criamos algo na nossa mente, precisamos ser capazes de transformar em realidade. O domínio da linguagem musical e a fluência em tecnologia, são o que permitem que nossas idéias entrem pelos ouvidos das pessoas em forma de música!

Para continuar acompanhando os trabalhos do produtor é só seguir ele no Instagram, e ficar ligado!

O filme “A Garota Invisível” estreou no dia 22 de Dezembro de 2020 e o projeto “Caju – Canções de Cazuza” está disponível na íntegra no Youtube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *