Don Hall e Carlos López Estrada, diretores de Raya e o Último Dragão, revelaram em entrevista para a revista Empire que as cenas de ações da animação foram inspiradas a franquia John Wick, estrelada por Keanu Reeves.

Os cineastas ainda contaram que algumas dessas cenas precisaram ser editadas, para que a classificação etária do filme fosse mantida como livre para todos os públicos. “Tinham certas coisas que, se a gente incluísse, ia nos dar uma classificação para adultos por conta da violência. Tem uma versão do filme com ossos quebrados e tal“, disseram.

A animação conta a história de Raya, uma jovem guerreira que parte numa jornada pela terra encantada de Kumandra, em busca do último dragão vivo, a fim de salvar seu lar de uma força obscura que ameaça destruir o reino.

O filme foi escrito por Qui Nguyen e Adele Lim, baseando-se em contos, lendas e culturas do Sudeste Asiático, em especial de países como Indonésia, Tailândia, Vietnã e Camboja. Kelly Marie Tran (Star Wars) empresta sua voz a protagonista e Awkwafina (Oito Mulheres e um Segredo) a Sisu, o último dragão.

Raya e o Último Dragão tem estreia prevista para 5 de março de 2021 nos cinemas, Walt Disney Studios Motion Pictures, e no serviço premium do Disney+.