Após polêmicas, Gina Carano é demitida de “The Mandalorian”

A atriz, uma das mais famosas apoiadoras de Donald Trump, foi dispensada depois de comparar as críticas recebidas pelo partido Republicano à perseguição aos judeus na segunda guerra mundial.

A atriz Gina Carano, responsável pelo papel de Cara Dune em “The Mandalorian”, foi demitida pelo estúdio responsável pela série (Lucasfilm), após mais uma polêmica envolvendo a política dos EUA. A decisão veio depois de um compartilhamento no Instagram da atriz, que afirmava que a perseguição dos nazistas aos judeus não é diferente das críticas sofridas pelo partido Republicano de Donald Trump.

A Lucasfilm emitiu um comunicado dizendo: “Gina Carano não está atualmente empregada pela Lucasfilm e não há planos para ela no futuro. Ainda assim, suas postagens nas redes diminuindo as pessoas com base em suas identidades culturais e religiosas são abomináveis e inaceitáveis” 

A sua demissão já vinha sendo estudada depois de outras polêmicas envolvendo política, principalmente após a atriz criticar o uso de máscaras durante a pandemia. Gina Carano é apoiadora assídua de Donald Trump e ajudou na campanha do ex-presidente nas últimas eleições dos Estados Unidos.

Jon Favreau é o criador de “The Mandalorian”, e as primeiras temporadas estão disponíveis no Disney+. O elenco confirmado para a 3ª temporada conta, até o momento, com Pedro Pascal, Giancarlo Esposito e Carl Weathers.