CRITICANDO | A Morte Te Dá Parabéns 2 – Um presente de continuação.

Parabéns pra você, nessa data querida, boa morte de novo, novo looping na vida… ÊÊÊÊ. Depois de morrer diversas vezes para quebrar o feitiço temporal que a mantinha presa no dia de seu aniversário, Tree Gelbman (Jessica Rothe) olha para o futuro, tentando escrever uma nova história ao lado de Carter (Israel Broussard). No entanto, quando um experimento científico dá errado, a jovem é forçada … Continuar lendo CRITICANDO | A Morte Te Dá Parabéns 2 – Um presente de continuação.

CRITICANDO | A Mula – Você faria qualquer coisa para não perder o que tem?

A pergunta do título parece um tanto quanto romântica, mas você realmente já parou para pensar nisso? Leo Sharp coleciona uma série de honras que vão desde de prêmios por seus trabalhos como paisagista e decorador até o reconhecimento por ter lutado contra os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, foi aos 90 anos que conquistou algo surpreendente: ele foi preso por portar … Continuar lendo CRITICANDO | A Mula – Você faria qualquer coisa para não perder o que tem?

CRITICANDO: Uma Aventura LEGO 2 – Tudo Ainda É Incrível

TUDO É INCRÍVEEEEEL, TUDO É INCRÍVEL QUANDO EM EQUIPE VOCÊ MANDA VER, TUDO É INCRÍVEL SE SEU SONHO VIVER! Cinco anos após os eventos do primeiro filme, a batalha contra inimigos alienígenas faz com que a cidade Lego torne-se Apocalipsópolis, em um futuro distópico onde nada mais é incrível. Neste contexto, Emmet constrói uma casa para que possa viver ao lado de Lucy, mas ela … Continuar lendo CRITICANDO: Uma Aventura LEGO 2 – Tudo Ainda É Incrível

CRITICANDO: Se a Rua Beale Falasse – Nada é pior que a incerteza

Quando se é criança e somos acusados de algo que não fizemos choramos bastante e isso amolece o coração dos adultos (normalmente). Mas e quando se é adulto e isso acontece de uma forma grave, pra quem chorar? Baseado no célebre romance de James Baldwin, o filme acompanha Tish (Kiki Layne), uma grávida do Harlem, que luta para livrar seu marido de uma acusação criminal … Continuar lendo CRITICANDO: Se a Rua Beale Falasse – Nada é pior que a incerteza

CRITICANDO | Green Book: O Guia – O filme “negro” de brancos para brancos

Contando a história de como o ítalo–americano Tony Lip (Viggo Mortensen) ao se tornar motorista do pianista Don Shirley (Mahershala Ali) formam uma improvável “amizade” na década de 60, Green Book: O Guia se divide em duas narrativas: Uma tentativa de “drama de prestigio” sobre racismo e as relações raciais nos Estados Unidos. E uma dramédia inspiradora com elementos de buddy movie e road trip … Continuar lendo CRITICANDO | Green Book: O Guia – O filme “negro” de brancos para brancos

CRITICANDO | The Fix – Só o humor pode salvar o mundo moderno

O humor é uma ferramenta de questionamento e mudança do humano. Isto é, quando possui propósito e entendimento. O humorista e/ou comediante que vê no humor formas de criar linguagens que possibilitem o pensamento crítico de nossa sociedade (pensamento esse não necessariamente racional, muitas vezes inconsciente) nos ajuda a repensar o mundo contemporâneo. De trapalhadas em fábricas ao discurso potente e pacifista do sósia de … Continuar lendo CRITICANDO | The Fix – Só o humor pode salvar o mundo moderno

CRITICANDO | Como Treinar O Se Dragão 3 – Até o Banguela tem namorada e você não

“Não aprendi dizer dizer adeus, mas tenho que aceitar que amores vem e vão…” Depois de 9 anos acompanhando a história de Banguela e Soluço em 2019 chegou a hora de nos despedirmos da dupla. E como será que foi esse final? A animação acompanha o personagem Soluço e o desenvolvimento de seu maior sonho: arrumar um lar onde os dragões possam viver em paz. … Continuar lendo CRITICANDO | Como Treinar O Se Dragão 3 – Até o Banguela tem namorada e você não

Criticando | Dragon Ball Super Broly: O espetáculo que os fãs sempre sonharam, mas a que preço?

A franquia Dragon Ball vêm sofrendo uma certa crise. Depois de quase uma década dormente, a saga retornou em 2013 com o maravilhoso longa Batalha dos Deuses. Desde então a franquia cresceu e se expandiu, com mais filmes, uma nova série de TV e mangá Dragon Ball Super e diversos produtos multimédia. Mas um problema que as produções dessa nova era tem dificuldade de lidar é a autenticidade. … Continuar lendo Criticando | Dragon Ball Super Broly: O espetáculo que os fãs sempre sonharam, mas a que preço?

CRITICANDO | Homem-Aranha no Aranhaverso – Todos podem ser o Homem-Aranha!

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); Qualquer um pode ser o Homem-Aranha. Desde a criação do personagem, em 1962, Stan Lee e Steve Ditko sabiam o poder da máscara do Aranha. Embaixo da máscara pode ser qualquer um – e não só por causa do anonimato. O Homem-Aranha é um herói que tem uma vida normal, problemas normais, sonhos normais, perdas normais. Claro, ele foi picado … Continuar lendo CRITICANDO | Homem-Aranha no Aranhaverso – Todos podem ser o Homem-Aranha!

CRITICANDO | Máquinas Mortais – Cultura pop batida no liquidificador e sem gosto

Olá pessoas, no vídeo de hoje vamos ensinar uma receita fácil para você fracassar em criar algo bom, primeiro pegue uma porção de conceitos de outros filmes como “Jogos Vorazes”, “Cidade dos Ossos” entre outros sucessos teen da década, para parecer descolado adicione uma pitada de conceitos cyber punk, recheie com bastante “Star Wars – Uma Nova Esperança” e pronto: Temos Máquinas Mortais. Anos depois … Continuar lendo CRITICANDO | Máquinas Mortais – Cultura pop batida no liquidificador e sem gosto

CRITICANDO | O Retorno de Marry Poppins – Um remake disfarçado de continuação

O maior do atual monopólio midiático por parte da corporação Disney é (Além dos perigos inerentes de qualquer monopólio por uma só empresa) é a falta diversidade e variedade. Afinal, por que uma empresa desse porte se importaria em financiar um filme de baixo orçamento que vai ter menos retorno, quando você pode fazer um spin-off de Marvel, Star Wars ou qualquer outra franquia multimilionária? … Continuar lendo CRITICANDO | O Retorno de Marry Poppins – Um remake disfarçado de continuação

CRITICANDO | Bird Box – A Netflix segue provando que é o melhor lugar para originalidade

A dominação cultural que a Netflix tem sobre os nossos hábitos é uma faca de dois gumes. Por um lado, a ideia da nossa dieta cultural estar cada vez mais atrelada a uma inscrição mensal que nos dá acesso limitado a uma seleção de filmes e seriados cada vez mais limitado (Quantos filmes de antes da década de 80 estão disponíveis hoje no catálogo da … Continuar lendo CRITICANDO | Bird Box – A Netflix segue provando que é o melhor lugar para originalidade

CRITICANDO | “Creed II” peca na originalidade, mas consegue manter a essência

O primeiro Creed foi um sucesso improvável. O diretor Ryan Coogler conseguiu extrair do Rocky IV, o momento mais ridículo da série, um filme íntimo, emocional e tecnicamente sofisticado que vai além de um mero spin off. Ele cria um espaço próprio nesse universo e usa a nostalgia da série de Sylvester Stallone para se enriquecer, sem se tornar dependente dela. Agora com a continuação, a série … Continuar lendo CRITICANDO | “Creed II” peca na originalidade, mas consegue manter a essência

CRITICANDO | Bumblebee – Perdeu Michael Bay!

Existe na cultura pop como um todo um fenômeno que eu acho estranhamente curioso: O criador que perde a mão na sua própria criação. Assim como Ridley Scott se embananou todo no retorno aguardado de alien, não havia surpresa para ninguém que Michael Bay nunca foi nenhum gênio, porém Bumblebee mostra que sem ele, pode inspirar os sentimentos mais aventureiros que existem. 1987. Refugiado num … Continuar lendo CRITICANDO | Bumblebee – Perdeu Michael Bay!

CRITICANDO | Aquaman – Não um rei e sim um herói

E quem diria que o Aquaman seria a salvação da DC? Arthur Curry (Jason Momoa), mais conhecido como Aquaman, ainda é um homem solitário, mas quando ele começa uma jornada com Mera (Amber Heard), em busca de um algo muito importante para o futuro de Atlantis, ele aprende que não pode fazer tudo sozinho. Aqui temos a volta do “Homem Peixe”, personagem que já havia … Continuar lendo CRITICANDO | Aquaman – Não um rei e sim um herói

CRITICANDO | Encantado – Animação peca pela falta de encanto

Nos últimos 20 anos as animações em 3D tomaram as salas de cinema e substituíram gradualmente o 2D. A Disney, que sempre esteve na liderança do mercado, teve a visão necessária para acompanhar o progresso e praticamente impulsioná-lo, realizando uma das parcerias mais bem sucedidas da história do cinema com a Pixar. E durante muito tempo, a Disney/Pixar permaneceu inalcançável, vendo outras empresas e estúdios … Continuar lendo CRITICANDO | Encantado – Animação peca pela falta de encanto

CRITICANDO | Robin Hood “A Origem” – Um tiro certo no sono

Sabe aquela sensação de que você passou horas sentado em um lugar, que o tempo congelou e que tudo parece infinitamente mais bacana do que o está fazendo? Pois é, foi exatamente assim que eu me senti vendo esse filme. Robin Hood retorna das Cruzadas para desbravar a Floresta de Sherwood, repleta de corrupção e maldade. Unindo-se a um bando de foras da lei, ele … Continuar lendo CRITICANDO | Robin Hood “A Origem” – Um tiro certo no sono

CRITICANDO | Infiltrado no Klan – É o filme mais pesado de 2018

Quantas vezes na sua vida você teve sua expectativa quebrada? Imagino que algumas várias vezes, desde um doce comprado que parecia maravilhoso na vitrine mas que o gosto era puro açúcar, até aquele filme esperado pra caramba que te fez sair indignado da sala de cinema (ESTOU FALANDO CONTIGO HOMEM DE FERRO 3). Mas e quando a surpresa te deixa sem palavras? Em 1978, Ron … Continuar lendo CRITICANDO | Infiltrado no Klan – É o filme mais pesado de 2018

Crítica | Yu-Gi-Oh! O Lado Negro das Dimensões: QUASE transcende a nostalgia

É muito estranha a frustração que se sente assistindo Yu-Gi-Oh! O Lado Negro das Dimensões.  Inicialmente entrando com expectativas baixas, o filme surpreende com um capricho inesperado mas que ao fim te deixa com a sensação que poderia ter sido mais. O Lado Negro das Dimensões é o mais recente filme nostálgico/ comemorativo de um anime clássico se aproveitando da nostalgia do publico original agora … Continuar lendo Crítica | Yu-Gi-Oh! O Lado Negro das Dimensões: QUASE transcende a nostalgia